sexta-feira

Grande Viagem da Páscoa Secundário

PROGRAMA:

Terra Mítica,
Benidorm,
La Manga do Mar Menor

Dia 15 de Abril (sexta-feira)
Saída de Barcelos – (19h)
saída de Guimarães - (20h)
(levar manta/agasalhos/saco cama)

Dia 16 de Abril (sábado)
Terra Mítica
http://www.terramiticapark.com/









Jantar em Benidorm (aluno)




Dormida no Hotel Cavanna 4**** , em La Manga do Mar Menor
http://www.asantiago.com/pt/hotelcavanna/index.htm





Dia 17 de Abril (domingo)
Alojamento em Pensão Completa (Peq. Almoço, Almoço e Jantar)



Dia 18 de Abril (segunda-feira)
Alojamento em P.C.

Dia 19 de Abril (terça-feira)
– Partida do Hotel após o jantar
Regresso a Portugal

Dia 20 de Abril (quarta-feira)
chegada à escola

Pagamento único ou dividido:
4 de Fevereiro de 2011 –1ªprest.–50 euros
25 de Fevereiro de 2010 - 2ªprest. - 80 euros
11 de Março de 2010 - 3ªprest. - 50 euros


Anexar Cartão de Saúde Europeu e Autorização de saída para o estrangeiro de menores (notário ou advogado).

domingo

Oikos agradece empenho da Santos Simões







ESTE AGRADECIMENTO SURGE NO ÂMBITO DA GALA SOLIDÁRIA QUE ORGANIZAMOS EM MAIO DE 2010.
OBRIGADO A TODOS!
Stor Paulo
(mais info sobre a gala vê na etiqueta "oikos")

sábado

Jogos fixes de Moral!

(clica na imagem - Tudo sobre a Páscoa)
Palavras cruzadas e informações para ver antes de jogar em: http://agjsaraiva.ccems.pt/EMRC/comemoraes/pascoa/pasc-top.htm



(clica na imagem - Jogo da Glória)



Mais jogos em:





quarta-feira

Presépios

Ilustríssimos candidatos,

Uma vez que os presépios a concurso têm muita qualidade, o Juri deliberou que ficaram todos em 1º lugar!!!

O que conta é participar:

segunda-feira

Madre Teresa de Calcutá

Filme dividido em 11 partes:


FRASES DE MADRE TERESA DE CALCUTÁ
A falta de amor é a maior de todas as pobrezas.

A força mais potente do universo é a fé.

A todos os que sofrem e estão sós, dai sempre um sorriso de alegria. Não lhes proporciones apenas os vossos cuidados, mas também o vosso coração.

As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável.

Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo. Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo. Não viva de fotografias amareladas... Continue, quando todos esperam que desistas. Não deixe que enferruje o ferro que existe em você. Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você. Quando não conseguir correr através dos anos, trote. Quando não conseguir trotar, caminhe. Quando não conseguir caminhar, use uma bengala. Mas nunca se detenha.

Não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.

O dever é uma coisa muito pessoal; decorre da necessidade de se entrar em ação, e não da necessidade de insistir com os outros para que façam qualquer coisa. "

O importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá.

O que eu faço é simples: ponho pão nas mesas e compartilho-o.

Podemos nos tornar um Hindu melhor, um Muçulmano melhor, um Católico melhor.

Qual é o lugar do homem? Onde os seus irmãos precisarem dele.

Quem julga as pessoas não tem tempo para amá-las.

Temos de ir à procura das pessoas, porque podem ter fome de pão ou de amizade.

Tenha sempre presente que a pele se enruga, o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos...Mas o que é importante não muda... a tua força e convicção não tem idade. O teu espírito é como qualquer teia de aranha. Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.

Todas as nossas palavras serão inúteis se não brotarem do fundo do coração. As palavras que não dão luz aumentam a escuridão.

É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado.

A pior calamidade para a humanidade não é a guerra ou o terremoto. É viver sem Deus. Quando Deus não existe, se admite tudo. Se a lei permite o aborto e a eutanásia, não nos surpreende que se promova a guerra!"

Amar, ser verdadeiro, deve custar - deve ser árduo - deve esvaziar-nos do ego.

Buscando a face de Deus em todas as coisas, em todas as pessoas, em todos os lugares, durante todo o tempo, e vendo a Sua mão em cada acontecimento - isso é contemplação no coração do mundo".

Como Jesus, pertencemos ao mundo inteiro, vivendo não para nós mesmos, mas para os outros. A alegria do Senhor é a nossa força".

Famintos de amor, Ele olha por vocês. Sedentos de amabilidade, Ele pede por vocês. Privado de lealdade, Ele espera em vocês. Desabrigados de asilo em seu coração, Ele procura por vocês. Você será esse alguém para Ele ?"
Mas eu sinto que o maior destruidor da paz hoje é o aborto, porque é uma guerra contra a criança - um assassinato direto da criança inocente - assassinato pela própria mãe. E se nós aceitamos que uma mãe pode matar até mesmo sua própria criança, como nós podemos dizer para outras pessoas que não matem uns aos outros?...

Nunca compreenderemos o quanto um simples sorriso pode fazer.

O amor, para ser verdadeiro, tem de doer. Não basta dar o supérfluo a quem necessita, é preciso dar até que isso nos machuque.

Ontem foi embora. Amanhã ainda não veio. Temos somente hoje, comecemos.

Qualquer ato de amor, por menor que seja, é um trabalho pela paz.

Temos medo da guerra nuclear e dessa nova enfermidade que chamamos Aids, mas matar crianças inocentes não nos assusta.

Um coração feliz é o resultado inevitável de um coração ardente de amor.

Os pobres que buscamos podem morar perto ou longe de nós. Podem ser material ou espiritualmente pobres. Podem estas famintos de pão ou de amizade. Podem precisar de roupas ou do senso de riqueza que o amor de Deus representa para eles. Podem precisar do abrigo de uma casa feita de tijolos e cimento ou da confiança de possuírem um lugar em nossos corações.
( Frases e Pensamentos de MADRE TERESA DE CALCUTÁ)

Um país que aceita o aborto não está apto a ensinar os seus cidadãos a amar, mas a usar a violência para obter o que querem. É por isso que o maior destruidor do amor e da paz é o aborto.

O mundo que Deus nos deu é mais do que suficiente, segundo os cientistas e pesquisadores, para todos; existe riqueza mais que de sobra para todos. É só uma questão de reparti-la bem, sem egoísmo. O aborto pode ser combatido mediante a adoção. Quem não quiser as crianças que vão nascer, que as dê a mim. Não rejeitarei uma só delas. Encontrarei uns pais para elas. Ninguém tem o direito de matar um ser humano que vai nascer: nem o pai, nem a mãe, nem o estado, nem o médico. Ninguém. Nunca, jamais, em nenhum caso. Se todo o dinheiro que se gasta para matar, fosse gasto em fazer com que as pessoas vivessem, todos os seres humanos vivos e os que vêm ao mundo viveriam muito bem e muito felizes. Um país que permite o aborto é um país muito pobre, porque tem medo de uma criança, e o medo é sempre uma grande pobreza.Temos medo da guerra nuclear e dessa nova enfermidade que chamamos Aids, mas matar crianças inocentes não nos assusta.

ORAÇÕES E POEMAS DE MADRE TERESA DE CALCUTÁ
Poema da Paz
O dia mais belo? Hoje
A coisa mais fácil? Equivocar-se
O obstáculo maior? O medo
O erro maior? Abandonar-se
A raiz de todos os males? O egoísmo
A distração mais bela? O trabalho
A pior derrota? O desalento
Os melhores professores? As crianças
A primeira necessidade? Comunicar-se
O que mais faz feliz? Ser útil aos demais
O mistério maior? A morte
O pior defeito? O mau humor
A coisa mais perigosa? A mentira
O sentimento pior? O rancor
O presente mais belo? O perdão,
O mais imprescindível? O lar
A estrada mais rápida? O caminho correto
A sensação mais grata? A paz interior
O resguardo mais eficaz? O sorriso
O melhor remédio? O otimismo
A maior satisfação? O dever cumprido
A força mais potente do mundo? A fé
As pessoas mais necessárias? Os pais
A coisa mais bela de todas? O amor.

A paz começa com um sorriso

Não utilizemos bombas e armas para dominar o mundo. Vamos usar amor e compaixão. A paz começa com um sorriso - sorri cinco vezes por dia para alguém a quem não gostarias realmente de sorrir - faze isso pela paz. Então vamos irradiar a paz de Deus e assim acender a Sua luz e extinguir do mundo e dos corações de todos os homens todo o ódio e amor pelo poder.

Para renascer contigo (MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
Senhor, ajuda-nos a ver a tua crucificação e ressurreição como um exemplo de como suportar e aparentemente morrer na agonia e no conflito da vida diária, para que possamos viver mais intensa e criativamente. Aceitaste paciente e humildemente a repulsa da vida humana, tanto quanto as torturas da Tua crucificação e paixão. Ajuda-nos a aceitar as dores e conflitos cotidianos como oportunidades de crescimento denossa pessoa e de nos tornarmos mais semelhantes a Ti, atravessando-os paciente e bravamente e confiando que Tu nos apoiarás. Faze que compreendamos que só através de renúncias freqüentes de nós mesmos e de nossos desejos egoístas poderemos viver mais plenamente; só morrendo Contigo poderemos renascer Contigo.

Assim mesmo... (MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.
Perdoe-as assim mesmo.
Se você é gentil, as pessoas podem acusá-la de egoísta, interesseira.
Seja gentil assim mesmo.
Se você é vencedora, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.
Se você é honesta e franca,as pessoas podem enganá-la.
Seja honesta e franca assim mesmo.
O que você levou anos para construir,
alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.
O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã.
Faça o bem assim mesmo.
Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo. Vida (MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
A vida é uma oportunidade, aproveite-a...
A vida é beleza, admire-a...
A vida é felicidade, deguste-a...
A vida é um sonho, torne-o realidade...
A vida é um desafio, enfrente-o...
A vida é um dever, cumpra-o...
A vida é um jogo, jogue-o...
A vida é preciosa, cuide dela...
A vida é uma riqueza, conserve-a...
A vida é amor, goze-o...
A vida é um mistério, descubra-o...
A vida é promessa, cumpra-a...
A vida é tristeza, supere-a...
A vida é um hino, cante-o...
A vida é uma luta, aceite-a...
A vida é aventura, arrisque-a...
A vida é alegria, mereça-a...A vida é vida, defenda-a...

Oração (MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
Mantenha seus olhos puros para que Jesus possa olhar através deles.
Mantenha sua língua pura para que Jesus possa falar por sua boca.
Mantenha suas mãos puras para que Jesus possa trabalhar com suas mãos.
Mantenha sua mente pura para que Jesus possa pensar seus pensamentos em sua mente.
Mantenha seu coração puro para que Jesus possa amar com seu coração.

Peça a Jesus para viver sua própria vida em você porque:

Ele é a Verdade da humildade.
Ele é a Luz da caridade.
Ele é a Vida da santidade.

ORAÇÃO DO POBRE (MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
Quero que saibas que cada vez que me convidas, eu venho sempre, sem falta. Venho
em silêncio e de forma invisível, mas com um poder e um amor que não acabam. Não
há nada na tua vida que não tenha importância para mim.

Sei o que existe no teu coração, conheço a tua solidão e todas as tuas feridas,
as tuas rejeições e humilhações. Eu suportei tudo isto por causa de ti, para que
pudesses partilhar a minha força e a minha vitória.

Conheço, sobretudo, a tua necessidade de amor.Nunca duvides da minha
misericórdia, do meu desejo de te perdoar, do meu desejo de te bendizer e viver
a minha vida em ti, e que te aceito sem me importar com o que tenhas feito.

Se te sentes com pouco valor aos olhos do mundo, não importa. Não há ninguém que
me interesse mais no mundo do que tu. Confia em mim. Pede-me todos os dias que
entre e que me encarregue da tua vida e eu o farei.

A única coisa que te peço é que confies plenamente em mim. Eu farei o resto.Tudo
o que procuraste fora de mim só te deixou ainda mais vazio. Portanto, não te
prendas às coisas passageiras. Mas, sobretudo, não te afastes de mim quando
caíres. Vem a mim sem demora, porque quando me dás os teus pecados, dás-me a
alegria de ser o teu Salvador.
Não há nada que eu não possa perdoar.

Não importa o quanto tenhas andado sem rumo, não importa quantas vezes te
esqueceste de mim, não importa quantas cruzes levas na tua vida. Tu já
experimentaste muitas coisas, no teu desejo de seres feliz. Porque é que não
experimentas abrir-me o teu coração, agora mesmo, mais do que antes?Alguem para amar
(MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
Senhor,

Quando eu tiver fome,
dai-me alguém que necessite de comida.

Quando tiver sede,
dai-me alguém que precise de água.

Quando sentir frio,
dai-me alguém que necessite de calor.

Quando tiver um aborrecimento,
dai-me alguém que necessite de consolo.

Quando minha cruz parecer pesada,
deixe-me compartilhar a cruz do outro.

Quando me achar pobre,
ponde a meu lado alguém necessitado.

Quanto não tiver tempo,
dai-me alguém que precise de alguns dos meus minutos.

Quando sofrer humilhação,
dai-me ocasião para elogiar alguém.

Quando estiver desanimada,
dai-me alguém para lhe dar novo ânimo.

Quando sentir a necessidade da compreensão dos outros,
dai-me alguém que necessite da minha.

Quando sentir necessidade de que cuidem de mim,
dai-me alguém que eu tenha de atender.

Quando pensar em mim mesma,
voltai minha atenção para outra pessoa.

Tornai-nos dignos, Senhor, de servir nossos irmãos
que vivem e morrem pobres e com fome, no mundo de hoje.

Dai-lhes, através das nossas mãos, o pão de cada dia
e dai-lhes, graças ao nosso amor compassivo, a paz e a alegria.
Quem és Jesus?(MADRE TERESA DE CALCUTÁ)
Para mí, Jesús es,
El Verbo hecho carne.
El Pan de la vida.
La Víctima sacrificada en la cruz por nuestros pecados.
El Sacrificio ofrecido en la Santa Misa
por los pecados del mundo y por los míos propios.
La Palabra, para ser dicha.
La Verdad, para ser proclamada.
El Camino, para ser recorrido.
La Luz, para ser encendida.
La Vida, para ser vivida.
El Amor, para ser amado.
La Alegría, para ser compartida

El Sacrificio, para ser dado a otros.
El Pan de Vida, para que sea mi sustento.
El Hambriento, para ser alimentado.
El Sediento, para ser saciado.
El Desnudo, para ser vestido.
El Desamparado, para ser recogido.
El Enfermo, para ser curado.
El Solitario, para ser amado.
El Indeseado, para ser querido.
El Leproso, para lavar sus heridas.
El Mendigo, para darle una sonrisa.
El Alcoholizado, para escucharlo.
El Deficiente Mental, para protegerlo.
El Pequeñín, para abrazarlo.
El Ciego, para guiarlo.
El Mudo, para hablar por él.
El Tullido, para caminar con él.
El Drogadicto, para ser comprendido en amistad.
La Prostituta, para alejarla del peligro y ser su amiga.
El Preso, para ser visitado.
El Anciano, para ser atendido.
Para mí, Jesús es mi Dios.
Jesús es mi Esposo.
Jesús es mi Vida.
Jesús es mi único Amor.
Jesús es mi Todo.

sexta-feira

8 Objectivos Desenvolvimento Milénio (ODM)

Guia dos ODM: http://catiahomepage.do.sapo.pt/oikos/GUIA_ODM.pdf



O que são os «Objectivos de Desenvolvimento do Milénio»?
Na "Cimeira do Milénio" da ONU, que teve lugar em Setembro de 2000, os países membros assinaram, em conjunto, uma declaração, a Declaração do Milénio, que fixou 8 objectivos de desenvolvimento específicos, a serem atingidos até 2015. Estes objectivos, chamados os "Objectivos de Desenvolvimento do Milénio" (ODM), podem ser resumidos da seguinte forma:




1 Reduzir para metade a pobreza extrema e a fome
2 Alcançar o ensino primário universal
3 Promover a igualdade entre os sexos
4 Reduzir em dois terços a mortalidade infantil
5 Reduzir em três quartos a taxa de mortalidade materna
6 Combater o VIH/SIDA, a malária e outras doenças graves
7 Garantir a sustentabilidade ambiental
8 Criar uma parceria mundial para o desenvolvimento


Oito graves problemas assolam o nosso planeta:

POBREZA
Somos quase 6 mil milhões de habitantes neste planeta. 1,2 mil milhões de nós sobrevive em condições de extrema pobreza, isto é, vive com menos de um dólar por dia. Destes, 70% são mulheres. 6,3 milhões de crianças morrem de fome por ano e há 842 milhões de pessoas sub-nutridas no mundo.

ANALFABETISMO
Cerca de 115 milhões de crianças no mundo não vão à escola. Destas, três quintos são meninas. 876 milhões de pessoas no mundo são iletradas, dois terços das quais são mulheres.

DESIGUALDADE ENTRE OS SEXOS
Dois terços dos analfabetos no mundo são mulheres e 80% dos refugiados são mulheres e crianças. Em muitos países as mulheres não têm direito à herança do marido, ficando desamparadas quando ele morre, não têm direito de voto nem de se associar nem de escolher o marido. Também em muitos países as mulheres não têm direito a aprender a ler, a ser remuneradas pelo seu trabalho e noutros, quando trabalham ganham em média menos do que os homens.

MORTALIDADE INFANTIL
Para além dos 6,3 milhões de crianças que morrem de fome anualmente mais 13 milhões morrem antes de atingirem os cinco anos por causas evitáveis, tais como diarreia.

MORTALIDADE DURANTE A GRAVIDEZ E O PARTO
Mais de 500.000 mulheres morrem, por ano, durante a gravidez ou o parto, e 99% destas mortes ocorrem em países em vias de desenvolvimento.

MORTALIDADE DEVIDO A EPIDEMIAS
1 milhão de pessoas morre por ano de malária e mais 2 milhões de pessoas morrem de tuberculose. Estima-se que entre 34 a 46 milhões de pessoas vivem com SIDA/HIV e entre 2,5 e 3,5 milhões de pessoas morreram de SIDA em 2003.

FALTA DE CONDIÇÕES AMBIENTAIS
2 mil milhões de pessoas no mundo não têm acesso a fontes de energia regulares. 1000 milhões de pessoas no mundo não têm acesso a água potável. 2,4 mil milhões de pessoas no mundo não podem contar com a melhoria do seu sistema sanitário.

DESIGUALDADE ENTRE OS PAÍSES RICOS E OS PAÍSES POBRES
15% da população mundial vive nos países ricos, embora sejam responsáveis por 50% das emissões de carbono no mundo e 20% da população mundial consome 80% dos recursos do nosso planeta. Nos próximos 25 anos a população mundial vai aumentar de 6 para 8 mil milhões de habitantes, mas a maioria vai nascer nos países mais pobres. Muitos países pobres gastam mais com os juros da dívida externa do que com a resolução dos seus problemas sociais.


A oikos e os 8 Objectivos de Desenvolvimento do Milénio


1 Reduzir para metade a pobreza extrema e a fome. 75% da população mundial pobre vive em meios rurais e depende, directa ou indirectamente, da agricultura para a sua subsistência. É essencial promover a produção alimentar com segurança de forma a elevar a sua condição de extrema pobreza.
O acesso a água potável eleva a produção agrícola, aumentando o rendimento das famílias nas zonas rurais.
Os projectos da oikos na área da segurança alimentar actuam junto das populações mais pobres em Angola, Moçambique, Bolívia, Peru, Cuba e Indonésia no sentido de atingir o Primeiro Objectivo.


2 Alcançar o ensino primário universal. Mulheres e crianças despendem várias horas por dia a recolher água e combustível para cozinhar. Esta é umas das causas para não ir à escola, particularmente no caso das meninas. Fontes de energia renováveis podem ajudar substancialmente a reduzir este fardo a milhares de mulheres e crianças. Por outro lado, migrações forçadas devido a catástrofes naturais ou situações de conflito, reduzem o acesso das crianças envolvidas à escola.
A participação da oikos na Campanha Global da Educação visa actuar junto dos governos de todo o mundo, nomeadamente de Portugal, chamando a atenção dos políticos para a importância desta questão no sentido de atingir o Segundo Objectivo. A oikos apoia a (re)construção de infra-estruturas de acesso à educação, e a qualificação das instituições de ensino, de que é exemplo a "Escola de Artes e Ofícios" na Ilha de Moçambique.


3 Promover a igualdade entre os sexos. A igualdade entre os sexos é um Direito Humano e um dos Objectivos do Milénio. Para além disso, a educação das meninas e das mulheres tem um efeito multiplicador no desenvolvimento humano, pois são, na sua maioria, as mulheres que se ocupam da educação dos filhos e das filhas. Eliminando as desigualdades, no acesso a bens e serviços e de direitos, entre homens e mulheres, estamos a promover um desenvolvimento humano baseado na equidade das relações sociais.
A participação da oikos no Observatório Internacional da Cidadania (Social Watch) visa actuar junto dos governos de todo o mundo, nomeadamente de Portugal, chamando a atenção dos decisores para a importância das políticas de equidade de género no combate à pobreza. Nos projectos e programas de ajuda humanitária e de desenvolvimento, a oikos tem em especial atenção o papel das mulheres, nomeadamente na gestão dos meios de subsistência das famílias mais pobres.


4 Reduzir em dois terços a mortalidade de crianças. Morrem por hora cerca de 2200 crianças todos os dias. Acabar com esta guerra silenciosa, cujas vítimas são as crianças pobres, requer o acordo e o esforço para se atingirem os Objectivos do Milénio, por parte dos Estados Membros. Conter as diarreias, a mal-nutrição, o contágio de doenças infecciosas e doenças respiratórias que causam todas estas mortes requer uma agenda ambiental e de saúde pública urgente. em vários países, a oikos promove a educação para a saúde, a saúde materna e infantil, a higiene e saneamento, bem como a melhoria da dieta alimentar, contribuindo para a diminuição dos índices de mortalidade infantil.


5 Reduzir em três quartos a taxa de mortalidade materna. As mulheres grávidas são mais susceptíveis a doenças transmitidas por vectores (malária, dengue, etc.), a doenças transmitidas por água não potável e à hepatite, todas elas estreitamente relacionadas com alterações climáticas e baixas condições sanitárias. A anemia, provocada pela malária, é responsável por um quarto da mortalidade materna. Outras causas provocam a morte de mães, tais como carregar excesso de pesos (ex.: madeira e água para cozinhar), logo após o parto. Por outro lado, a desertificação e a degradação das terras resulta num aumento do esforço, por parte das mulheres grávidas, na obtenção de produção agrícola, prejudicial à sua saúde. Melhorar as condições de vida destas mães dando-lhes o apoio e a informação necessárias durante a gestação, podem reduzir muito a mortalidade das mulheres na gravidez e no parto.
Em vários dos seus projectos, a oikos promove a educação para a saúde, a vigilância pré e pós-parto, a formação de parteiras tradicionais e a criação de maternidades e Casas Maternas e Infantis, de modo a diminuir a mortalidade materna. A oikos promove a criação de fontes complementares de geração de rendimento, que permitem às mulheres diminuir o esforço despendido na governação do lar.


6 Combater o VIH/SIDA, a malária e outras doenças graves. É possível travar a transmissão do SIDA, de malária e de tuberculose. Experiências feitas no Brasil, no Senegal, na Tailândia e no Uganda mostram que o acesso da população à informação, aos meios de prevenção e aos meios de tratamento precoce, melhorando ao mesmo tempo as condições básicas de higiene e de saneamento básico podem travar os ciclos de propagação destas doenças que matam muitos milhões de pessoas por ano.
Os projectos da oikos nas áreas da segurança alimentar, água e saneamento básico e de redução da vulnerabilidade das famílias pobres, em Angola, Moçambique, Bolívia, Peru, Cuba e Indonésia actuam transversalmente nas áreas da promoção da autonomia das mulheres, da melhoria da saúde e condições de vida das grávidas e parturientes, na redução da mortalidade infantil, e no combate à propagação de doenças tais como SIDA, Malária, Tuberculose, etc., no sentido de atingir o Terceiro, o Quarto, o Quinto e o Sexto Objectivo.


7 Garantir a sustentabilidade ambiental. Os Recursos Naturais (tais como a água, as fontes energéticas, as florestas, o ar e a biodiversidade) são factores ambientais chave para a qualidade da vida humana e que compõem o nosso ambiente. É fundamental que o Ser Humano perceba o quanto depende da protecção destes recursos, adoptando medidas concretas e responsáveis para tanto na prática da cidadania (o dia-a-dia de cada um) como nas politicas e programas nacionais dos governos de todos os países. Os projectos da oikos na área da gestão sustentável de recursos naturais, tais como os projectos de gestão de florestas tropicais no Equador e Peru e de reflorestação, promoção de hortas familiares, de culturas tradicionais e de apicultura, na região do Golfo de Fonseca (Nicarágua, Honduras e El Salvador) e em Cuba, pretendem criar uma consciência para a importância que têm os recursos da Natureza e como estes podem ser usados de forma sustentável e duradoura.


8 Criar uma parceria mundial para o desenvolvimento. O estabelecimento de parcerias mundiais para o desenvolvimento é a única forma de reduzir as enormes diferenças entre os países ricos e os países pobres. Se cada país desenvolvido dispensar 0,7% do seu PIB aos países em vias de desenvolvimento, é possível atingir um grau de equidade bastante melhor entre as duas metades do planeta. Outra das formas de ajuda é a capacitação dos profissionais que vão pensar e negociar no futuro novas formas de conquistar o acesso a mercados e a tecnologias, abrindo o sistema comercial e financeiro, não apenas para países desenvolvidos e grandes empresas, mas para a concorrência verdadeiramente livre de todos.
Todos os projectos da oikos actuam para a promoção de parcerias para o desenvolvimento: parcerias entre países, entre ONG¹s, com o sector privado e entre os cidadãos.

segunda-feira

Amor sem Fronteiras

Às vezes temos que fazer sacrifícios.
Mas se for por amor não custa nada.
Outras pessoas têm um coração de pedra, não têm sentimentos.
Remar para chegar ao nosso destino, um lema que todos nós devemos seguir.


Sem medo com coragem e paixão só assim conseguiremos os nossos objectivos.
Em situação de desespero, devemos desabafar com a pessoa que nós amamos ou que
nos ama, só ela entenderá o nosso sofrimento.
Morrer por causa da pessoa que nós amamos não é preciso mas temos retribuir tudo o
que ela mas dá em quanto viva.

Força, todos nós precisamos da força para lutar contra os amores impossíveis.
Renegar a pessoa que nos ama? Sim, mas só quando for para não a magoar ou seja dizer
a verdade.
Os sentimentos das outras pessoas nós não podemos ferir, mesmo se elas ferirem os
nossos, não se preocupem elas serão castigadas.
Na vida todos os seres humanos têm pelo menos um amor, mais tarde ou mais cedo
aparecerá.
Tampas todos levamos nunca seremos os únicos .
Erros no amor todos nós cometemos.
Igual? Não, sempre seremos diferentes e únicos.
Rebaixar, um verbo que nunca devemos utilizar, não esqueças que também te poderá
acontecer.
Avesso, ás vezes pode parecer estar tudo do avesso, mas estamos tão frustrados que
nem vemos a solução mesmo á nossa frente.
Sede não de água mas dum amor infinito um amor sem fronteiras.

Ana Fernandes N.º 2 Turma 8º B